ConectaLAB


ConectaLAB - EXPERIMENTAÇÃO PARA SOLUÇÕES COLETIVAS


Edição “Soluções para o Abastecimento de Água”
De 31 de Julho à 07 de Agosto de 2020
Chamada aberta para inscrições: de 10 à 20 de Julho
Formulário de inscrição: https://bit.ly/ConectaLAB_IABRS

Guia ConectaLAB: https://bit.ly/3gJFvmU


 


[CONTEXTO E FOCO]
A crise sanitária global do coronavírus provoca um senso de urgência e expõe ainda mais a brutal desigualdade social brasileira que perpetua o fato de que muitas pessoas não têm garantido O Direito Humano à Água e ao Saneamento.   

No Brasil, 35 milhões de pessoas vivem sem acesso à água tratada e mais de 100 milhões não têm acesso à rede de esgoto, segundo o Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS–2018). Apenas nos três primeiros meses de 2020, houve mais de 40 mil internações causadas por doenças relacionadas a falhas de saneamento básico. Se cotidianamente a falta de acesso à água potável é uma realidade para milhões de brasileiros e a precariedade do acesso ao saneamento é fonte de doenças, quais serão os impactos da pandemia do novo coronavírus para a população mais vulnerável?  

A histórica ausência de políticas de Estado para lidar com o tema do acesso à água potável produz distorções como a atualização do Marco Legal do Saneamento Básico aprovada em meio à pandemia, que se concentra nas questões de normas para o serviço e na abertura do setor ao capital privado, mas que não parece dar contadas urgências humanas, deixando de fora da equação milhões de pessoas que não são contabilizadas nos planejamentos dos 5.570 municípios brasileiros, pois vivem em áreas irregulares. Portanto, configuram territórios sem previsão de entrarem nas zonas atendidas pelos serviços de abastecimento oficiais.   

Em meio ao panorama de inúmeras realidades locais que já convivem com a precariedade, o planeta também está sob a sombra da emergência climática, um tipo de crise que já demanda respostas frente aos eventos cada vez mais frequentes e extremos, como as secas e enchentes que têm impacto direto no abastecimento de água.

Diante de todas essas diferentes dimensões de um problema complexo e de um modelo vigente já defasado, urge o seguinte questionamento: como podemos ampliar o debate para toda a sociedade, ir além dos ciclos dos mandatos, incorporar ações e planos de emergência e contingência e, ainda, abrir  espaço para a inovação na maneira de pensar sistemas de abastecimento de água?  

A partir dessa reflexão, o Instituto de Arquitetos do Brasil - Departamento Rio Grande do Sul e o coletivo TransLAB.URB, desenvolveram o ConectaLAB, um espaço para criar respostas a partir da inteligência coletiva e da experimentação colaborativa, com foco na produção de soluções para o acesso universal à água, considerando a construção de realidades futuras pós-Covid.   

[OBJETIVO] 
Elaborar um repertório de soluções para atender às demandas de universalização do abastecimento de água, amplificando o debate junto à Sociedade e impulsionando ações que gerem impacto no território.   

[O LABORATÓRIO] 
A partir da aplicação do conceito de Laboratórios Cidadãos, propõe-se um espaço virtual focado no tema do abastecimento de água, cujo desafio é cocriar soluções para cenários pré-estabelecidos, trabalhando em um formato de maratona de 08 dias dentro de equipes com formações/habilidades variadas, com encontros diários e contando com o apoio de pessoas com as atribuições de Mentoras, Mediadoras e Provocadoras, que serão responsáveis pela condução de todo o processo.     

[CONVOCATÓRIA DE PARTICIPANTES] 
A convocatória é aberta a profissionais e estudantes de todas as áreas do conhecimento, bem como para todas as pessoas,cidadãos e cidadãs com interesse de participar do Laboratório, visando reunir um grupo diverso com o objetivo de formar equipes de trabalho com características complementares. É importante reforçar que, dados o contexto de pandemia e os riscos de contágio, o Laboratório será totalmente virtual, o que condiciona que todas as pessoas interessadas em participar tenham acesso à internet. As inscrições iniciam na sexta-feira, dia 10/07/2020, e se encerram na segunda-feira, dia 20/07/2020. 

[SELEÇÃO] 
Através do Formulário de Inscrição (online) a pessoa candidata a participante do ConectaLAB deve fornecer, além de seus dados de cadastro, informações sobre a disponibilidade entre os dias 31/07 e 07/08, o seu interesse no Laboratório, a sua aproximação com o tema, os conhecimentos que pode aportar para o processo e as ideias que já vem pensando para estes problemas de abastecimento de água. A curadoria de participantes segue os critérios de seleção de participantes do ConectaLAB. A lista final será divulgada na terça-feira dia 28/07/2020.    

[EQUIPES E CENÁRIOS] 
A partir da curadoria de participantes teremos 04 equipes com 08 integrantes.Cada equipe vai trabalhar  no desenvolvimento de propostas para 01 dos 04 cenários diferentes que foram desenvolvidos pela organização do ConectaLAB que buscou conciliar características de comunidades da Região Metropolitana de Porto Alegre que contam com aspectos de precariedade recorrentes em diferentes contextos brasileiros. Assim, a proposta é de que não se configure uma competição entre as equipes, mas sim que os resultados dos processos sejam complementares.   

[RESULTADO]
Após a finalização da operação de 08 dias do Laboratório, as equipes devem apresentar as propostas desenvolvidas para os desafios de cada cenário. Todo esse conteúdo resultante do processo colaborativo será compilado em um Caderno de Soluções, organizado como um repertório variado de soluções customizadas, mas com atributos que possam ser replicáveis em outras realidades semelhantes, apenas com algumas adaptações. Esta publicação será disponibilizada dentro de uma lógica de conhecimento aberto, visando a ampla circulação e o acesso irrestrito às informações deste material.   

[FUTURO E MATERIALIZAÇÃO] 
Nas semanas posteriores ao lançamento oficial do Caderno de Soluções da 1ªedição do ConectaLAB, a organização do Laboratório vai iniciar uma nova etapa de trabalho para aplicar as ideias resultantes do Laboratório diretamente no território, buscando contemplar o envolvimento das comunidades locais, a  viabilidade de trabalho presencial ainda no contexto do risco de contágio do Covid-19 e as adaptações necessárias para chegar em um projeto executivo que materialize o espírito da inovação social urbana, de se aprofundar na democracia participativa e de explorar a inteligência coletiva na construção de soluções para problemas cotidianos.
 
[FICHA TÉCNICA] 
O Laboratório ConectaLAB - edição “Soluções para o Abastecimento de Água” é uma iniciativa do IAB-RS Instituto de Arquitetos do Brasil - Departamento Rio Grande do Sul, Gestão 2020/2022, em parceria com o coletivo TransLAB.URB, com recursos do Ponto de Cultura Solar do IAB-RS, projeto selecionado no edital do Governo do Estado do Rio Grande do Sul, por meio da  Secretaria da Cultura em 2015.   

Acesse o formulário de inscrição: https://bit.ly/ConectaLAB_IABRS
Acesse o guia: https://bit.ly/3gJFvmU

Equipe ConectaLAB: 
Bruna Tavares (IAB-RS)
Camila Bellaver (IAB-RS)
Fausto Isolan (TransLAB.URB)
George Cereça (TransLAB.URB)
Isadora Scopel (TransLAB.URB) 
Leonardo Márquez (TransLAB.URB) 
Mario Prati (TransLAB.URB) 
Paula Motta (IAB-RS) 
Rafael Knebel (TransLAB.URB)
Rochele Lyrio (IAB-RS)